iOS, um dos sistemas operacionais mais bem-sucedidos da história, o sistema que inaugurou o segmento de smartphones como os conhecemos hoje em dia. Com milhões de apps iOS criados e distribuídos e embarcados nos cobiçados iPhones e iPads, tornar-se desenvolvedor para este sistema é a meta de muita gente que gosta de tecnologia e quer começar nessa carreira ou tomar um novo rumo profissional. No entanto, muitas dúvidas surgem neste caminho, sobre o sistema, suas possibilidades de criação, seus aspectos técnicos e mesmo sobre quais as melhores opções de formação.

Para ajudar nesta jornada, a Quaddro juntou as principais informações para quem se interessa por desenvolvimento iOS e quer embarcar nesta área. Confira os pontos a seguir e prepare-se para começar uma nova fase em sua carreira de desenvolvedor!

1- O iOS: Breve história do sistema

Lançado como iPhone OS em 2007 durante a Macworld Conference, o iOS foi o sistema que deu vida ao iPhone e, com ele, inaugurou a fase atual dos telefones touchscreen e mudou a forma com que todos lidamos com tecnologia e comunicação. Em sua segunda versão passou a contar com a APP Store, o que estreou a prática de criação e comércio de aplicativos, que hoje movimenta bilhões de dólares ao redor do mundo.

Originalmente, a linguagem de base para desenvolvimento de aplicativos para iOS era o Objective-C – ou ObjC – uma variante do C orientada a objetos. Posteriormente, em 2014, a Apple deu mais um grande passo nesta área e publicou uma linguagem proprietária chamada Swift. Flexível, com codificação mais enxuta que as demais e dotada de ótima retrocompatibilidade e ideal para trabalhar com os frameworks Cocoa, o Swift tem rapidamente se consolidado como uma linguagem de alto nível e atraído muitos desenvolvedores.

Atualmente o iOS está em sua 11ª versão, lançada em Junho de 2017. Como de costume, cada nova versão traz correções de erros das anteriores, novas funções e aprimoramentos de recursos existentes e algumas novidades para o usuário, sobretudo na interface e nos recursos de machine learning para otimizar o uso da assistente virtual Siri. Uma importante mudança em relação ao hardware foi o fim do suporte a processadores de 32 bits, efetivamente impedindo o upgrade dos iPhones abaixo do 6 e iPads abaixo da quinta geração para esta versão.

2- App Store

Como dito acima, a App Store surgiu em 2008 na segunda versão do iOS, e de lá para cá vem crescendo de forma acelerada, distribuindo programas em todo o mundo para milhões de usuários. Na contagem mais recente, foram contabilizados mais de 2 milhões de produtos na loja, fazendo dela a segunda maior em número de programas disponíveis, o que é um dos ingredientes para o notável sucesso comercial que ela é.

Segundo dados da própria Apple, somente no dia de Ano Novo foram movimentados 300 milhões de dólares e, em 2017 inteiro, os desenvolvedores receberam mais de 26 bilhões pelas vendas realizadas; dado que a Apple repassa 70% dos lucros para os desenvolvedores e fica com os 30% restantes, isso indica que a gigante de Cupertino recebeu notáveis 11 bilhões de dólares no período.

3- O mercado de desenvolvimento para iOS

Como é de se esperar, os números impressionantes da App Store e os mais de dez anos de vendas e boa recepção do iPhone e do iPad vem atraindo cada vez mais profissionais talentosos para esta área, tanto para trabalhar em empresas de desenvolvimento de apps quanto para criar e lançar seu próprio produto.

Segundo levantamento do Love Mondays, o salário médio de um programador para iOS no Brasil gira em torno de R$4.950,00, sendo que a maioria das vagas tem valores que vão da casa dos R$2.050,00 aos R$4.400,00, embora existam extremos de apenas R$800,00 e até R$17.000,00. Isso mostra que se trata de um mercado com bastante potencial para crescimento e com vagas para os mais variados níveis de experiência.

Em termos de perfil de profissional, as empresas estão cada vez mais se afastando do perfil do programador que só domina uma linguagem e não tem as chamadas habilidades sociais. Atualmente, a complexidade dos projetos requer um profissional flexível, que saiba atuar em equipes multidisciplinares e consiga contribuir de várias maneiras dentro de um projeto. E, naturalmente, a exigência técnica sempre existe e está cada vez maior, por isso o profissional precisa investir em sua formação profissional, selecionando cursos de desenvolvimento de aplicativos iOS. E isso requer uma boa estratégia.

4- O que um bom curso de desenvolvimento de aplicativos iOS deve ter

A formação nesta área requer uma boa dose de prática combinada com uma sólida base teórica e conceitual, que permita ao aluno entender tanto a lógica estrutural da programação iOS quanto a parte prática, para que tenha não só condições de codificar um programa, mas também de pensar de forma sistêmica na hora de desenvolver um produto, adotando as melhores práticas para criar produtos robustos e de alta qualidade.

Com a popularização deste segmento, surgiram muitos cursos gratuitos de iOS e desenvolvimento de apps em geral, afirmando ensinar tudo que um potencial programador precisa saber de Swift  iOS; atraídos pela ideia de tornarem-se profissionais sem sequer ter que desembolsar qualquer verba para isso, muitos interessados começaram a procurar estas aulas, fazendo com que alguns destes cursos iOS ficassem até relativamente famosos.

Ao se analisar com mais critério o que é oferecido por estas instituições, contudo, o aluno consegue ver a diferença que existe entre um centro de formação de alto nível e um curso online gratuito. Confira alguns pontos que devem ser considerados na hora de optar pela melhor escola para sua formação profissional:

  • Número de alunos: enquanto em aulas online de cursos gratuitos milhares de alunos podem assistir a mesma aula de uma vez, tornando impossível o contato e a atenção do professor, na Quaddro você estuda em uma sala com número reduzido de alunos, e tem contato direto com o professor exatamente como no curso presencial;
  • Aulas gravadas: intensificando a impessoalidade dos cursos gratuitos, a vasta maioria das aulas são gravadas, enquanto nas escolas como a Quaddro você tem aulas ao vivo e pode interagir com colegas e seu instrutor para tirar dúvidas e receber feedbacks;
  • Metodologia avançada: ao invés de oferecer apenas vídeos tutoriais, trazemos uma metodologia arrojada, onde o aluno aprende com base em desafios de graus crescentes de dificuldade;
  • Preparação voltada para o mercado: quem opta por um curso de alto nível sabe que está sendo preparado para o mercado, por isso aprende não só comandos em Swift, mas as habilidades necessárias para realizar projetos avançados e construir grandes produtos individualmente ou como parte de um time;
  • Carga horária densa: comparativamente, cursos gratuitos de portais famosos têm em torno de quarenta horas, enquanto os cursos da Quaddro oferecem carga cinco vezes superior, com duzentas horas, garantindo uma formação muito mais sólida;
  • Professores especializados: seus professores aqui são todos programadores experientes, que atuam no mercado e têm didática para passar seus conhecimentos para alunos de todos os níveis e graus de experiência.

Diante disso, é fácil perceber que o grau de retorno sobre seu esforço na sua formação é muito maior quando se investe em uma formação profissional de ponta, que ofereça o que há de melhor no mercado para que você se torne um grande profissional. Não perca tempo: fale com a Quaddro agora mesmo e comece sua carreira no mundo do iOS!